quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Dividindo as bactérias

Você sabe por que suas amizades, seus amores, suas relações quase nunca duram? Porque você é sincero demais, intenso demais, cansativo demais. Não sabe viver com mais ou menos. Então, quando essas relações chegam no ponto de você se importar e se envolver, tudo acaba ficando dificil.

Dizem que o certo é a gente jamais dizer o que sente. E quando acontece algo muito forte que te deixa feliz ou triste, você não sabe ficar calado, você não sabe e não pode simplesmente pedir um drink e guardar pra dentro. E a verdade decepsiona as pessoas.

Você quer a verdade? Você não aguenta a verdade. E você faz doer aquilo que as pessoas querem esquecer. Você fica cutucando, cutucando, e enquanto não entrar num acordo com a outra pessoa, você não pode ser amigo, não pode namorar, não pode confiar, não pode viver... E assim acaba o que parecia perfeito.

Perfeito? A perfeição é uma mentira e você não acredita que alguém possa ser feliz com mentiras. Você pode até sonhar, imaginar, idealizar, pode até se iludir e suspirar de paixão, mas amar uma mentira e ser feliz com essa mentira? Não pode!

Mas nem só de verdades vive uma relação. Podemos combinar que é mais bonito simplesmente fechar os olhos e ouvir a canção. E enquanto você estiver do outro lado, vivendo a sua vidinha, podemos ser feliz. Mas a partir do momento em que minha escova de dentes se junta com a sua, vamos ter que dividir as bactérias. E eu vou gostar de café e você de cerveja, vou querer dormir tarde e você dormir cedo e logo, minha vida vai estar ligada com a sua daquele jeito todo intenso que eu falei lá no começo. Você tem tempo e disposição pra isso? Não, você não tem.


Todos aqui devem concordar que natal é um dos piores dias do ano, porque é exatamente isso que você tem que fazer: Dividir as bactérias com quem estava lá do outro lado do mundo e resolveu aparecer hoje para bagunçar a sua vida e mexer com seus sentimentos. Te cobrar, te jogar na cara... Vale tudo nesse dia em que os ânimos estão mais sensíveis.

Mas nem estou aqui pra reclamar, hoje não. Hoje eu vou pelo menos tentar e fingir ter paciência, e vou abraçar as pessoas carentes porque elas merecem ao menos acreditar em alguma coisa. Porque a realidade, meu amor, a realidade tem pressa de acabar com os nossos sonhos e ano que vem eu vou quebrar o pau pra manter minha escova beeem longe da sua.


9 Cafezinhos:

Rafa Feck disse...

este ano, entre os abraços falsos e ficar só, escolhi jantar na casa da vó, sorrisos bobos, gente fingindo que tava com saudade, gente fingindo que acredita, mas eu vou, afinal a comida da vó é bem melhor do que o meu miojo!

Feliz natal menina furiosa...

Rafa Feck

Andrea Mari disse...

Que excelente maneira de retratar o espirito natalino, eu tambem quero para 2010 minha escova beeeem longe!
bjosss

Luna Sanchez disse...

Rs

Deu até vontade de terminar o namoro por telefone.

Coitado do namorado, se eu tivesse um, no momento.

ℓυηα

Kenia Chan disse...

O negócio é dissimular...
Não falei isso.
Não conte a ninguem.

Jorge Oliveira disse...

ano que vem vai te surpreender isso sim.

Camile Christina disse...

concordo em numero , genero e grau com tudo q vc disse ...


"Vale tudo nesse dia em que os ânimos estão mais sensíveis."

Dayane disse...

Eu gostei! É uma maneira mais tchuck tchuck de ver o Natal...
E essa ânsia pelo outro ano é a melhor. rs

scriptmanent disse...

Aham! Te achei aki!!! rs

Querida Suellen, mais uma vez eu fico abestalhada como o que vc escreve parece que já tava aki dentro da minha cachola. Me indentifico tanto, mas não poderia colocar as coisas dessa forma como vc coloca, absolutamente perfeita!!!

Já sou sua seguidora no Equilibrio Bambo e agora estou seguindo essa loucura toda aqui tambem, que tem tudo a ver comigo.

Consegui recentemente separar minhas bactérias das bactérias de outra pessoa. rs

Estou tão feliz em poder desfrutar da minha chatisse, dos meus vícios, das minhas manias, sem nínguem pra me encher o saco. Parece que fui pro céu sem precisar morrer!!! rs

Bjos querida.

Feliz 2010 pra todos nos!!

Ps.: Linkei vcs.

Erica Ferro disse...

A realidade é uma safada.