domingo, 3 de janeiro de 2010

Anônimo?

Eu nasci há dez mil anos atrás...
Bom ainda não é isso!

Eu sou como a borboleta...

Merda esse também não!
Vamos lá...

Desisto, deixa eu me apresentar.

Eu tenho vários codinomes, já que para fazer o que faço não seria do perfil mostrar a cara ou algo que possa me atingir. O meu propósito aqui é fazer justamente o contrario disso.

Minha intenção é apenas procurar defeitos. O que é uma tarefa fácil, todo mundo tem defeitos mesmo, não é?

Então a partir dele ou deles tentar suprir o vazio que habita minha pequena alma.

Saio parasitando por blogs ou textos aleatoriamente com o único intuito de fazer meu tempo que é extenso, passar mais rápido.

Tento com isso buscar um pouco de atenção, já que enquanto machuco ou espeto sou notado, bom ao menos tento....

Não faço distinções e não tenho preconceitos, "Todos” são atingidos pela minha falta de sensibilidade, educação e gentileza de forma igual.

Algumas vezes sou curto e grosso, mas quando minha frustração e solidão estão no auge, procuro caprichar nas palavras para que machuquem ou pelo menos incomodem um pouco mais.

Uma ressalva: Nada crio ou quando faço não valorizo já que me preocupo tanto com os "erros' dos outros que não sobra tempo para eu tentar ser feliz nas coisas que faço.

Bom, então é isso. Agente se vê por ai... Bom com certeza "EU" os verei já que sem vocês minha vida não teria sentido algum...

Falando nisso... Este texto esta mal escrito....Cheio de erros.... O Word não funciona não é porra?

Isso aqui já foi melhor, fala sério... Hum... Quem sabe se vocês me chamassem para fazer parte melhoraria, hein?

Não? Hum... Eu não queria mesmo...

8 Cafezinhos:

Desmanche de Celebridades disse...

Muito bom.
Descreveu bem a frustração desses frustrados.
E o pior é que alguns deles assinam nomes fictícios, só pra dar mais veracidade e agir como se não estivessem se escondendo. Deve ser o momento mais glorioso de todos pra eles, esse de poder fingir que são alguma coisa que não seja eles mesmos.

Abraços.

Erica Ferro disse...

É o recalque, rs.

Mariah disse...

nem todo mundo nasceu Manuel Bandeira e talvez até ele (sim, provavelmente ele) se achava um chato!

Luciana disse...

Ótimo!
Relatou bem o que acontece com muitos desses "Anônimos" que andam xeretando os blogs e falando bobagem.

Beijo!

Natacia Araújo disse...

Arte literária ou seja como for deveria servir pra acrescentar e pra troca sadia de experiencias e não de brecha pra uns e outros anonimos chegarem e avacalharem.
Se o intuito for o de dar uma dica ou seja lá o que for a pessoa deveria saber chegar e no mínimo mostrar a cara e não se esconder em pseudos nomes.

Ainda bem que esse pessoal ainda é minoria no meio de tanta gente que "entende" de verdade o que é literatura ainda que em um blog em grupo como o nosso.

Muito bom!

Ferdi disse...

E os anônimos sempre vivões pra arrancar algumas risadas de mim.

Hosana Lemos disse...

ninguém é perfeito mesmo!
;)

Roberto Camilo disse...

Ah Edina, o que seria de nós sem os anonimos pra nos fazer rir, te deu até inspiração né? rs
boa!