segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Antagonista

Na busca constante da tal “felicidade” ,fazemos de um tudo.
E como existem teorias sobre ela,tantas fórmulas prontas...

Seria tão bom!

Hoje ”Promoção de FELICIDADE”
Pague uma e leve duas.

Muitas vezes buscamos encontrá-la através de inspirações ou reencarnações
Afinal quem não gostaria de continuar?
Mesmo em uma outra vida.

Perdê-la jamais!

E como transferimos a responsabilidade de alcançá-la
Culpamos na cara dura o outro por termos ou não a tal “FELICIDADE”

Afinal se não fosse Fulano...

Idealizamos uma felicidade e como alcançá-la,do mesmo jeito que planejamos a compra de um carro.Primeiro se escolhe o modelo,forma de pagamento...


E claro, se não conseguirmos pagar...Fazer o quê?
Todo mundo deve mesmo...Fato.

Alguns buscam encontrá-la a qualquer preço.

Qualquer preço?

Ela pode estar ao alcance de suas mãos.

Mãos, pés ,dedos, bocas, peitos...
Afinal o valor da felicidade depende do Freguês

É quase uma corrida do ouro,nos focamos tanto em encontra-la, que saímos cavando buracos,destruindo tudo.


É ...Já houve beleza em Serra Pelada

Na verdade esta busca será uma constante na vida de cada um.
Será esta a grande questão?

Afinal o grande barato da felicidade é simplesmente desejá-la?
Será que se alcançada seremos plenos então?

Ou na verdade ela nos escapa por entre dedos a todo o momento,
Justamente por sermos ainda despreparados,sem saber o seu real valor?

Como criança que deseja um brinquedo
Mais do que tudo no mundo e quando consegue,logo cansa.


Às vezes é termos a impressão que ao nos depararmos com ela,vamos justamente na direção contrária

E passamos horas ao seu lado,mas nem notamos...

Mas era com pequenos e sutis momentos.

Sutil demais?

Porque geralmente olhamos na direção errada.

Então continuamos... Até quem sabe um dia estaremos prontos para tê-la.

7 Cafezinhos:

suellen nara disse...

só a xuxa é feliz.

Mariah disse...

na minha opinião ela (a felicidade) está no DNA...ou tem ou não tem.

não depende do que se tem, do que se compra, do que se come ou bebe...dos amigos que tem, dos amores, das viagens...na minha opinião, a Felicidade é um componente interior do DNA de algumas pessoas!

Edina Regina Araújo disse...

È por ai Mariah!

Anônimo disse...

Muito bom teu texto!

Erica Ferro disse...

Não podemos ser felizes sempre, plenamente, a todo instante.
Sempre temos nossos momentos tristes, de desespero, de descrença e de isolamento. Essa é a graça.
Só assim poderemos nos deliciar quando formos 'felizes de novo'.
Uma coisa é verdade: a felicidade sempre estará próxima a nós, cabe a nós achá-la e agarrá-la.

Gostei do texto! Uma bela reflexão.

Beijo.

Criola disse...

Às vezes a gente encontra, sim. Mas é preciso coragem para ser verdadeiro consigo, pagar o preço... A tal da felicidade é simples. O problema é o que se associa a ela nesse nosso mundo capitalista.

Almi Júnior disse...

Importante mesmo é ter paciência pra tê-la.