sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Paranóia

- Não me beije assim que enlouqueço!
- Então, a idéia é essa.
- Não posso, sou moça direita.
- As moças direitas, quando enlouquecem ficam muito mais interessantes.
- Você acha mesmo?
- Claro!
- Você está me dizendo isso só para me convencer.
- Não é só para te convencer, mas é também para te convencer.
- Tá vendo, canalha. Vocês homens são uns canalhas.
- ...
- Só está querendo se aproveitar de mim.
- Mas você vai aproveitar também, eu garanto.
- Ainda é pretencioso!
- Não, não é isso, é que...
- Nem precisa se explicar. Eu conheço a sua laia.
- Mas meu bem, você está se exaltando por nada. Vamos ficar numa boa, namorar sem esses pesos.
- Que pesos? Tá me chamando de chata ainda por cima!
- Não, não é isso, é que eu acho que podemos agir com mais leveza, sem estas culpas e medos.
- Ah! Também sou travada e medrosa!
- Meu pai do céu! Relaxa.
- Se eu relaxar você vem e pimba, me encaçapa.
- Olha, para mim chega. Já deu. Fica aí na sua que eu vou nessa.
- Também é mal educado. Eu sabia que você só queria aquilo comigo.
- Falou bem, queria! Não quero mais.
- Ah! Saquei, perdeu o tesão por mim, né?
- Jesus! Você é louca!
- É, mas você bem queria comer a louca, né? Agora eu não sirvo mais para você.
- Escuta, você quer ou não, afinal?
- Não é esta a questão, não mude de assunto...

* E assim ele foi pro bar, ela ligou para as amigas...

6 Cafezinhos:

Natacia Araújo disse...

hahaha e vida longa a neurose feminina!
Seja muito bem vinda Nara!

Jorge Oliveira disse...

rsrsrsr E não venha me dizer que vcs não são complicadas...rs
Obaa! Gente nova com boa sacada! Bem vinda ao time Fluoxetina Nara, aqui, não se ganha nada mas tb não se perde o humor!

Ivan disse...

gostei...

Suellen Nara disse...

Valeu gente!
Talvez aqui eu encontre a inspiração que me falta.

P.S.: Mulher é complicada, homem é "canalha" e não se fala mais nisso.. rsrs.

Roberto Camilo disse...

kkkkkk Adorei!
Bem vinda Nara. E que venha a Fluoexetina!

Bianca Nonato disse...

hihihi A mulherada sempre confundindo as idéias alheias! Curti!