domingo, 15 de novembro de 2009

Olimpíadas do Osmar

Lá estava Pelé abraçando Lula que abraçava Sérgio Cabral, que por sua vez abraçava Paulo Coelho. Paulo Coelho? É, Paulo Coelho.
Todos com os olhos marejados se espremendo nas bandas de "Copenhague" para dar entrevista ao vivo para a rede Globo. E todo orgulhoso falava nosso ilustríssimo presidente das melhorias que o Rio precisaria fazer até o tão esperado ano de 2016.
E como se não bastasse o Pan de 2007, lá iremos nós de novo dar mais uma “reformadazinha” no Maracanã, dar uma "ajeitadazinha" no Engenhão, ampliar o espaço olímpico de Deodoro e assim por diante.

É dinheiro que falta daqui, não tem problema tira do que está investido na saúde pública dali, se faltar pra algum aumenta os impostos de lá, e “vamô que vamô que o show não pode parar”, bem no esquema “faça cortesia com o chapéu dos outros” (em especial o do povo).

Um cidadão carioca mal consegue andar nas ruas sem ser assaltado, passa o pior momento na saúde pública, mas não tem problema que Ipanema está aí pra “tomar banho de mar”.

Tom Jobim a essa altura do campeonato estaria cantarolando “olha que coisa mais linda a bala que passa num doce trajeto a caminho do Osmar...”

E o pobre do Osmar que enfrenta todo dia o trânsito infernal da AV Brasil para trabalhar, não tem nem plano de saúde e por isso vai continuar frequentando os mais badalados hospitais cariocas, de Rocha Faria a Souza Aguiar e ainda por cima com o brinde de um maravilhoso salário mínimo por mês. Mal sabe Osmar que o slogan “Eu sou brasileiro e não desisto nunca” entranhou nele o patriotismo induzido por tio Lula e sua turma pra que, ele possa ficar até feliz de ter em sua terra um evento como esses.

Em 2016 lá vai estar o Osmar se espremendo igual ao Pelé e ao Paulo Coelho, com a única diferença de que ele não vai ter dinheiro para pagar o ingresso de nenhum jogo das olimpíadas cariocas.

40 Cafezinhos:

Noelle disse...

rsrsrs!!!!Muito bom o nosso estado...num vejo a hora pra começar...kkk

Bianca Nonato disse...

hehe Essa é nossa realidade, falta grana pra quem tá morrendo nos hospitais públicos,e até derrubar helicóptero estão derrubando agora. Imagina só o caos que não vai ser e quantos "Osmar" não vão pagar o pato por aqui.

P.S amei o trocadilho com a música do Jobim...rsrsr
boa sacada!

Jorge Oliveira disse...

hahaha ééé serão as olímpiadas do tráfico! rsrsr
Os traficantes dos morros cariocas já estão bolando o esquema até, vai ser um lucro só! rs
Só eu já fui assaltado 3 vezes nesse ano! rs

É a cidade maravilhosa arrebentando lá fora. Mal anunciaram que as olimpiadas seriam sediadas aqui e na mesma semana derrubaram o helicóptero a base de balas, a impressa internacional ficou em um alvoroço só, tb não é pra menos, se bobear até roubar a tocha olímpica vai rolar...rsrsr

Texto muito bem escrito moça, parabéns!

Ana Seerig disse...

Eis aí a nossa realidade...

Sinceramente, não entendo porquê toda essa empolgação com as Olímpiadas (assim como não entendi com o Pan). Nossos políticos são inúteis e nunca tem dinheeiro pra fazer nada pelo povo, mas todo esse auê pra reformar isso e aquilo pode. O pior nem é isso, é o povo brasileiro mesmo que não tem educação pra receber visitantes de todo o mundo, ou será que os assaltos e as guerras entre favelas vão 'dar uma folga' nessa época? Ah, muito provavelmente, afinal todos somos patriotas e queremos que a imagem do Brasil melhore (inclusive a 'nata' do crime).

Sheron disse...

rsrs Rio 40° graus dos atletas roubados. haha essa vai ser a saga.
Cara eu não consigo entender como pode querer promover um evento desses se a população não tem acesso as coisas básicas como educação, segurança e saúde.
A gente deve ir até onde a mão alcança e com tanto caos no Rio o que vai acontecer é cairmos em dívidas bilhonárias isso sim. E depois das olimpiadas? vai ficar tudo abandonado ao relento como acontece com o espaço esportivo de Deodoro.

Roberto Camilo disse...

Boa Nat!
E é isso mesmo que vai acontecer, a gente vai morrer em bilhões pra depois ter os estádios e centros esportivos abandonados.
Enquanto isso o povo morre nas portas dos hospitais.
Carioca mesmo em sua grande maioria só se fode, pq tudo que a gente tem de melhor o povo não tem grana pra entrar, o que mais vejo por aí são cariocas que nunca puderam ir no Cristo ou no Pão de açúcar pq o que eles cobram de ingresso está pela hora da morte.
Imagina então as olímpiadas, o povo vai ter que assistir pela tv, sem contar nos transtornos que vão sofrer como o trânsito que vira um inferno e a quantidade de assaltos que dobra.
De todas as coisas que nosso governo deveria proporcionar a nós cidadãos as olímpiadas está entre as menos necessárias nesse momento e em nossa realidade.
Reverencio!

augusto disse...

Concordo plenamente com seu artigo é ridículo serem as olimpíadas aqui.
Brincamos de primeiro mundo em meio a miséria e o crime.

Carlos Fontana disse...

haha o pobre do Osmar está lascado porque os badalados hospitais que ele já frequenta vão estar lotados no período das olímpiadas.
Aposto que os traficantes já encomendaram um arsenal novo especialmente para este evento. rs

Irônica como sempre né? rs Adorei!

Edina Regina Araújo disse...

Realidade com muito humor Maravihoso teu texto!
P.S Abandonado não!Depois as construções servirão perfeitamente para proliferação da dengue pô!E isso gera emprego. Os mata Mosquitos,Os postos de saúde e hospitais lotados...
Show Natacia Parabéns!!!!!!1

Ale Danyluk disse...

Existe uma diferença grande entre querer e poder. E nós brasileiros sabemos muito bem disso.
O problema maior é que nos jogam areia nos olhos e acham que como num passe de mágica tudo se transformará , que somos invencíveis,que voaremos para onde quisermos...
Só que eles se esquecem de nos dar asas.
Resumo da ópera: Tombo feio,aumento de impostos, e nem sequer um mísero descontinho para se ver alguma coisa nem na Copa/2014 nem nas Olimpíadas/2016

Mas como brasileira incondicional e doente eu ainda digo: EU NÃO DESISTO NUNCA!

Acho que seria chover no molhado dizer p/ você que vc escreve muito bem né ?
Thanks pela visita.
Bjo
Ale

Ana Claudia Creek disse...

Esse texto fala sobre varios assuntos. Mas deixo o meu cafezinho a respeito da violência no Rio, e a violência em geral praticada por nós mesmos.
Fui criado no Rio. Mas depois de um certo tempo , não conseguia mas morar no Rio . O medo de uma bala perdida perfurando minha cabeça, estava me deixando louca. Mudei para uma cidade pequena, a 180km do Rio . Que é um Paraíso! Mas sabe de uma coisa? O medo está chegando aqui também.
Tudo isso pra mim, é uma questão de cultura. De amadurecimento da sociedade de educar melhores cidadãos. Não só na escola, mas desde do berço.
Porque amigos universitários! Também me da muito medo , de saber que cidadãos universitários, fizeram aquilo com a "Loira do vestido vermelho"..Uma grande violência, e uma grande vergonha.
Um grande Domingo a todos.
Aqui no Paraíso está um sol lindo!.
Vou á Praia!rs.

Suellen Nara disse...

Calma gente, o mundo vai acabar em 2012, por isso que eles deram as olimpíadas pro Rio!

Ótimo texto Nat. Essa é a realidade.

Adriana Nunes disse...

rsrs Já separei meu colete a prova de balas pra 2016! rs

Andrea Mari disse...

Excelente e adorei a ironia a la Jobim...país de tanta contradiçao,complicado Paulo Coelho ai,um abraço pro Osmar! bjoss e excelente domingao.

Jorge Oliveira disse...

Tá brincando? eu vou é andar de carro blindado pra não correr risco.
melhor até nem sair de casa.
os traficantes do comando vermelho lá todos emocionados cantando o hino nacional..ahhh coisa linda de ver...rsrsr

Natacia Araújo disse...

haha é verdade, segundo a profecia o mundo se explode em 2012, nosso problema estará resolvido! rs
Fiquei chocada quando vi o Paulo Coelho no meio da confederação brasileira, que diabos ele estava fazendo lá? propaganda do veronika decide morrer? rs
é gente segurança e saúde a gente não tem mais livros de auto ajuda e de Paulo Coelho estão abarrotados nas prateleiras.

Até as olímpiadas o comando vermelho vai ter tomado posse do Rio e os jogos vão ser ao som dos proibidões. rs

Carlos eduardo disse...

nunca na minha vida o ditado é so para inglês ver fez tanto sentido como nos dias de hoje......mas no fundo o povo não esta nem ai para os problemas do Rio, ja q quem era pra fazer alguma coisa não faz, no final se tiver um dinheiro para comprar uma cerveja e curtir uma praia esta de bom tamanho kkkkkk.

Roberto Camilo disse...

kkkkk pior que é, vai ser mais animado do que ano novo em Copacabana.
a vantagem é que aqui os fogos vão ser de fuzil. rsrsr

Suellen Nara disse...

E se o mundo nao acabar em 2012, ele acaba em 2014 com a Copa no Brasil.
2016 não vai chegar nunca!
(pessimista eu)

Natacia Araújo disse...

kkkkkk o foda é que o governo já tá arrancando dinheiro do cofrinho pra essas benditas olimpíadas desde já. e se o mundo acaba antes disso a gente deixa de existir bem no jeitinho brasileiro: falidos! rs

Sheron disse...

haha é verdade no Pan a gente já se lascou e muito, com um mega evento como esse a gente vai afundar de vez.
É uam extravagancia que não cabe.

Marcelo Mayer disse...

rio 2016 = cpi 2017 = fora sarney 2018

Gilberto Alonso disse...

É um carnaval em todos os sentidos mesmo.
Por isso que eu torci pra Madri ganhar...hoho
Boa crítica!

Karina Santos disse...

Eu sou brasileira e já desisti faz tempo.
Já me dói os bolsos desde já essa palhaçada.

Mauro Vasconcelos disse...

Gostei da proposta do blog de vocês parabéns pela sintonia!

Também discordo das olímpiadas serem sediadas no Rio, não existe estrutura nem verba pra isso. É cobrir um santo pra destapar o outro.
Isso ainda vai dar muito o que falar. rs
Abraços!

Erica Ferro disse...

Difícil festejar quando muitos choram e sofrem.
Eu, como atleta, acho que o Brasil, antes de sediar um evento dessa magnitude, deveria consertar muitas coisas: saúde, educação, tantas outras coisas... e o próprio esporte.
Porque de nada adianta sediar os jogos, se não se é uma potência olímpica (ou nem próximo disso chega).
Enfim, falta muita coisa nesse nosso Brasil.

Muito bom sua crítica. ;)
:*

Natacia Araújo disse...

Gilberto- haha Madri pelo menos teria um estrutura superior a nossa, e quando falo de estrutura não me refiro só ao caos da violencia e tudo mais, me refiro a falta de grana. E mesmo assim o governo insiste em afirmar que existe verba suficiente pra isso, mas se tem a verba pras olímpiadas cadê a que seria destinada a saúde e a nossa segurança?
A estimativa é de que o governo gaste aproximadamente R$ 25,9 BILHÕES!
seria de fato um grande orgulho pros brasileiros sediar o evento se não fosse a nossa realidade precária.
Daí, deixa de ser um orgulho e passa a ser uma palhaçada em péssima hora.

Mayer- Tô contigo, aposto que nesse bafafá todo em 2017 vamos ter uma linda cpi daquelas de ver os políticos que hoje choram de emoção juntos arrancando os cabelos das pirucas importadas uns dos outros. rsrs

Luna Cortez disse...

te dedico.rs

gostei da forma como você colocou, mandou muito bem!

e concordo com o Jorge, serão as Olimpiadas do Tráfico.rs.


beijo-beijo.

Natacia Araújo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natacia Araújo disse...

Obrigada Erica querida!
Aposto que vc como atleta então deve ser mais uma a ter um certo desgosto por saber que o preço que se paga por uma olímpiada aqui no Brasil agora é a deficiencia em outros setores.

E Luna já estamos aqui fazendo os planos de como será a disputa de comando vermelho e do 3° comando por aqui, vai ser um verdadeiro auê, haha.

Natacia Araújo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Fontana disse...

Caramba eu nem imaginava que era tanta grana assim, e se bobear vão gastar muito mais até.
Já to vendo que até lá aumenta luz, água, taxa de incendio e tudo mais que tem direito.

Natália Ferreira disse...

coitado do osmar e de todo o povo que nao vai ter grana pra comprar nem um se quer ingresso ... triste realidade

Katrina disse...

Eu desisti de almejar um ingressinho para as olimpíadas. Desconfio até que um cafezinho já vai estar sendo vendido a dólar. E os assaltantes falando em inglês, céus

Giovanna disse...

Hahahaha, realmente...
parabéns aos patriotas, no mínimo ridículos, que acham que patriotismo é torcer para o Rio ser a sede das Olimpíadas.

Mas como quase nada importa nesse país...

parabéns pelo texto.

Natacia Araújo disse...

Katrina- E não dizem que o brasileiro sempre dá seu "jeitinho"? os bandidos cariocas então já estão se matriculando nos cursinhos de inglês desde já pra não fazer feio nos assaltos de 20016. rsrs

Giovana- Enquanto a gente não aprender que ser patriota é querer o bem de sua pátria e que isso não incluirá pra esse momento uma olimpíada, a gente vai continuar na mais pura merda fétida que estamos agora...rs concordo contigo.

Agradeço a todos pelos cometários pessoal!

Resiliencia disse...

legal vc ter passado pelo meu blog e ter curtido. ja eu, curti demais a descrição do seu perfil, mas o texto de domingo nem tanto. nada pessoal a sua escrita, até dei boas risadas. não curti pq passo rapido por essas nossas verdades decadentes. to tentando me privar de mais frustrações, de mais estresses, de mais força. qd leio essas coisas penso na força que precisaria ter pra contribuir com a minha parte pra que esse tipo de coisa nao seja perpétua no nosso pais. por hora esta inviavel, tenho minhas crises. enfim, pelo menos nos conhecemos e descobrimos uma coisa em comum, gostar de escrever! bjo ate!

Natacia Araújo disse...

Resiliencia- Que bom que gostou do meu blog pessoal querida,e te entendo com relação a querer passar batido por "nossas verdades decadentes", eu já sou oposto quero estar consciente de cada uma delas pra saber em que grau isso pode me afetar. Mas o barato da vida são essas diferenças mesmo e as afinidades que nos aproximam aqui e ali não.
Obrigada pelo comentário. Beijos!

Nathi disse...

Copa do Mundo ao som dos proibidões e Olimpíadas sediadas no Morro do Alemão. Com direito a passeata dos principais chefes e mandantes do outrora chamado crime, agora mais condizente com sociedade a fazer as honras da cidade, quiçá do país.

É, CPI vai virar balela depois dos "ganhos" que serão feitos nesse gracioso período de 2014 a 2016! :)

K- disse...

Nem quero tá no Brasil nessa época.
Mas ainda assim continuarei com estigma sentir vergonha pelos outros.