sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Mais Pedidas

A seguir, as cinco músicas mais bombadas do funk nacional. Para facilitar você caro leitor, desenvolvemos uma tradução QUASE simultânea de cada linda “canção”, se quiser cantar e remexer seu "corpitcho" durante a leitura fique a vontade!

Em 5° lugar: Atoladinha- (Bola de fogo)

“Piririn, piririn, piririn
Alguém ligou pra mim
Piririn, piririn, piririn
Alguém ligou pra mim
Quem é?
Sou eu Bola de Fogo
E o calor ta de matar
Vai ser na praia da Barra
Que uma moda eu vou lançar
Vai me enterrar na areia?
Não, não vou atolar
Vai me enterrar na areia?
Não, não vou atolar
To ficando atoladinha
To ficando atoladinha
To ficando atoladinha
calma,calma foguentinha”

(O telefone está tocando. Era o senhor Bola de fogo convidando a doce mocinha para um passeio na praia da Barra. A donzela e o cavalheiro costumam brincar de castelinhos de areia quando a recatada senhora avisa que tem "areia" obstruindo suas partes íntimas.)

*Em 4° lugar: É prostituto- ( As novinhas)

“As novinha tão chapada
O baile ta lotadão
Rebolando até o chão
Na maior empolgação
Com marquinha de biquini
Rebolando o popozão
Ele solta a sequência
E faz a sua fama
O DJ que é prostituto
Sempre leva uma pra cama”

( As senhoritas com idade inferior a 18 anos acabaram embriagando-se enquanto dançavam de maneira nada cristã na festinha, daí apareceu um "cadinho" de suas marquinhas praianas e elas começaram a movimentar seus glúteos para verificar a rigidez. E o Dj que é parente delas sempre as coloca pra dormir, prestativo que é...)

*Em 3° lugar: A porra da buceta é minha- ( Gaiola das popozudas)

“É minha é minha
A porra da...
É minha é minha
A porra da buceta é minha
É minha é minha
A porra da buceta é minha
É minha é minha
A porra da...”

( "Buceta" é o nome da cadela desta querida donzela. Ela acaba de se separar do marido e briga na justiça pela guarda da cadelinha,ela está muito abalada e por isso a linguagem chula.)

*Em 2° lugar: Comece a me chupar- ( Gaiola das popozudas)

“E vai chupando, e vai chupando,
e vai chupando, vai chupando, chupa gostoso!
E vai chupando, e vai chupando,
e vai chupando, vai chupando, vai chupando, chupando, chup.. que isso!”

( Esse é um exercício recomendado por especialistas na prevenção de câimbras labiais. Recomendado e aprovado.)


*Em 1° lugar: Dança do creu- ( Mc Creu)

"créu, créu, créu, creu
Créu, créu, créu, créu
Créu, créu, créu
Créu, créu, créu, créu
Créu, créu, créu
Segura DJ!”

(Esse foi o único som que ouvimos quando o pessoal do Fluoxetina invadiu o baile.)

27 Cafezinhos:

Essência e Palavras disse...

Ahhhh!!!!!!!!!!

E dixem que somos "Loucos."
rsrsrs
Muito bom!

bejo pra caixa inteira

Dayane disse...

KKKKKK. Morri de rir. AUHDUAHUHDUAHUASHA

Parabéns, essas musicas são uma vergonha, se é que se pode chamar de musica.^^

Natacia Araújo disse...

O pessoal do Fluoxetina invadindo um baile? Como assim gente...rs

Pra fechar podia ter catado das antigas bonde do tigrão. haha

Sr. Personna disse...

Voces, em suas interpretações, perderam toda a poeticidade e liricidade contida nesses versos tão bem construidos a partir da mais pura lingua portuguesa. São uns insensíveis! Tranformaram versos maravilhosos numa prosa fraca e sem nenhuma arte!

Jorge Oliveira disse...

Caro Sr. Personna,

Este blog não tem a menor intenção de promover textos para serem inseridos na Academia Brasileira de letras.
Somos um grupo de amigos que se reuniram com o intuito de escrever textos sem regras e sem a menor vergonha de falar o que o resto das pessoas tem vontade, mas por algum motivo não o fazem.
Nós já fizemos sim textos com tom poético ( basta ver nossos primeiros textos), mas acontece que aqui, não é essa a proposta do blog.
Se o Senhor deseja ler poesia e textos com o fator "lírico" favor verificar os links na barra lateral deste humilde blog, porque ali encontrará o blog pessoal de cada um dos integrantes, alguns com poesias e textos maravilhosos.
Aqui nosso objetivo é fazer CRÔNICAS e dentro deste perfil nós apontamos o que acontece no cotidiano de nosso país e ao nosso redor de forma geral.
Fazemos isso com muita irônia, cara de pau e as vezes no gênero meio "esculachado" como desse meu último texto. Mas fazer o que se essa é a nossa realidade?
Eu poderia falar de funk e da pornografia como todos fazem, com aquele gigantesco discurso quase político que acaba no geral se tornando enfadonho, porque a verdade é que todo mundo já sabe, a nossa idéia é fazer isso sim, mas sem pra isso ter que cair na chatice.
Nós tratamos todos nossos visitantes com muito respeito, fazemos questão de não apagar nenhum comentário mesmo os que contém críticas, porque assim nós procuramos melhorar no que for necessário, mas críticas com o único intuito de falar mal serão sempre tratadas a altura. Acredito ( e espero) que não tenha sido essa a sua intenção.
Obrigado pelo comentário e volte sempre!

Felipe A. Carriço disse...

Putz, que mancada!

Ótimo post. Bem reflexivo.

kinha disse...

HAuHAuHAuHAuHUAUA!!!
Tristeza!
É hipocrisia não adimitirmos que já nos embriagamos e ensaiamos uns passos desses numa festa qualquer, mas enfim, alienção é diversão pura!
HAuHAuHAuHAuHUahAHuA
adorei!

Ale Danyluk disse...

"Em terra onde a ignorância é admirada, é sábio fingir-se de tolo"...

Isso é tudo menos música.Adorei suas traduções.
Perfeitas.
Bjo

Marcelo Mayer disse...

jorge, pq vc não escreveu aqui a hora que a galera do fluoxetina tava toda bêbada no baile e vc vomitou na calcinha de uma popozuda? tenha juizo, rapaz!

Jorge Oliveira disse...

kkkkkkkkk rapaz acabei de ir te visitar no teu blog e vi que por lá o bicho tá pegando tb! haha
Ahhh comigo é só Taty quebra barraco! haha
Mas valeu cara prometo tomar um remédinho contra enjôo agora...wawawa

Bianca Nonato disse...

Não liga Jorge, só posso falar pra vc assim: adooooro! rsrs

Suellen Nara disse...

Ah nÃo JORGE!!!
Ah não... AH NÃÃÃÃOOOO!!

aaahahahaha!
não vou comentar.

***MissUniversoPróprio*** disse...

Ahhhh sim, agora entendi! kkkkkk


Obrigada pela visita lá no blog, fique sempre à vontade. ;)

=**

Carlos Fontana disse...

Tão lindas quanto as letras são as coreografias...rs
Boa!

Nathi disse...

Jorge... Mandou!
Ri horrores por aqui!

De fato se você vai ao baile, ou você escuta "creu, creu, creu" ou sabe Deus o quê, sempre sons indecifráveis.... Bom, é o que dizem! HAUAUA. Ainda acho melhor "perder" meu tempo com Chiquinho, Moraes e afins ;P


Beijão!

PS: Obrigadaaa! *-* Pela visita e pelo elogio! xD

DANIZINHA disse...

Botaram pra kebrar? só que literalmente.rs
Acho funk muito lúdico. Só que geralmente para maiores e em estadado alterado.
Não vou dizer que não escuto..até pq se a gente vai pra balada, em algum momento rola um funk. E eu admito que até dou uma dançadinha mas, as vezes eu fico irritada com o machismo das letras. Mas seria hipocrisia achar q tem machismo só no funk. Olha exemplo de uma música gauchesca: "ajoelha e chora, ajoelha e chora. Quanto mais eu bato nela muito mais ela me adora." A batida é boa.A batida da música. rs. Mas é pior que "um tapinha não dói' e não causou o mesmo furor.Irônia, não?
Mas enfim...para este funk: "WELL, WELL TE LEVO PRO MOTEL"..eu responderia:OUI OUI OUI TE LEVO PRA UTI.
Muito bom este podt.
Beijos
E obrigada pela visita de estréia no meu blog.

Ana Seerig disse...

Acho que devo me orgulhar de só ter tido o desprazer de ouvir apenas as 'músicas' que estão em 1° e em 5° lugar...

Sinceramente, como alguém pode considerar isso música??

Andrea Mari disse...

hahahahahah a ironia do funk no bailao...hahah engracado e putz existe publico para isso...bjoss

Edina Regina Araújo disse...

Olha eu sabia a coreagrafia do bonde do Tigrão rsrsrssrs,mas ai a idade não me permite mais rsrsrsrs .Mas rir com toda certeza,somar putz, relaxar com seus textos e levar a vida de forma leve e na paz,só se for agora...
Jorge meu amigo você faz exatamenmte isto, sem notar terminamos de ler teus textos e abrimos um largo sorriso...Que bom......Beijos parceiro

Giovanna disse...

hahaha, "atoladinha" é realmente uma música muito boa. Eu a ouço 2 vezes por dia. [ironia mode on].
Sua descrição ficou muito boa.
Beijos.

Erica Ferro disse...

Isso não é música não, cara.
HASUASHUAS
Isso é poluição sonora vinda diretamente do inferno, kkkkkkkkkk.

Ruim demais!

Muito engraçado o post.
Enfim, essas letrinhas são tão infames, que só rindo pra não ter uma coisa.

Roberto Camilo disse...

Claro, toda sexta lá to eu e a galera deste blog na vila-kenedy sacudindo o popozão!

Natália Ferreira disse...

eu conheço duas das musicas que você colocou aqui .. é que eu nao curto muito esse som... rs muito maneiro a forma pelo qual voce a imterpreta.. haha aaa meu bem eu adoro a sua visita lá no meu blog beijao amado!

Luna Sanchez disse...

Tá, eu confesso : já me peguei cantando "Atoladinha" uma vez, enquanto passava roupas. Deve ter sido o calor literal do momento, ou uma forma de abstrair da tarefa chata...alguma explicação para esse desvio, há.

* Gostei do perfil, viu? Eu só sei jogar Dorminhoco, e meu talento musical nunca foi compreendido pelo Karaokê. Entendo tua dor. Rs

ℓυηα

EU disse...

Nossa depois de ler seu post percebi que sou uma pessoa totalmente ignorante sem a minima sensibilidade , julgava o pessoal do Funk me achando superior a eles quando na verdade as letras são parecem xulas e tal mas só podem ser entendidas por pessoas inteligente
Bah vou ter que pedir desculpas publicas paras as popozudas
huaaaaaa

Maria Andrade Vieira disse...

fico puta com minha autocrítica... preciso me libertar e escrever umas músicas dessas. já pagava a cervejada do fim de semana.
e vc hein... afiadíssimo. excelente, gostei mto.

Anônimo disse...

AMEIIIIIIII..rsrsrsrsrs... ESSA CRIATIVIDADE É QUE MOSTRA O BOM HUMOR REGADO A FLUOXETINA...KKKKKKKKKKKK... CONSEGUIR FAZER DESSAS "MUSICAS" MOTIVO PRA RIR, VC MERECE UM GRAMMY!! BEIJO

MICHELLY CARPES