sábado, 21 de novembro de 2009

Poeta manhê

O amor é uma dOR
Cerveja só no IsopOR
Água só quando voltares pra mIM
Passados dois meses perdi meu rIM...





Porque nem tudo que rima é poesia...

24 Cafezinhos:

Ana Seerig disse...

ushauasush

Booom!

kinha disse...

HAuHAuHuUahuhauA
todo mundo passa por isso um dia, e escreve um poema, nem sempre tão direto...hahahahaha
;]

Natália Ferreira disse...

e nem rima .. beijao amado

Edina Regina Araújo disse...

Tai,é para isso que servem as palavras ,condutoras de sentimentos ,método de expressão,forma de interação ,agregação,sem monopolização e jamais competição.Para você meu amigo um beijo por este texto!E aqui neste cantinho onde ha interação deixo meu recadinho e te dou toda razão.

Suellen Nara disse...

vc mijou mijou mijougooou foora
num cagou cagou cagoustou de mim

Poeminha, fiz agora :)

Ianê Mello disse...

É isso aí...

Gostei da crítica.

Realmente, nem tudo que rima é poesia...
mas ficou até bonitinho...rsrsrs

Felipe A. Carriço disse...

O final com certeza foi poético.

Muito bacana!

Natacia Araújo disse...

Janete de patinete pagando...
hehe
só poeta! rsrsrs

Erica Ferro disse...

Eu sou uma pseudopoetisa. =P

Luna Cortez disse...

isso foi tão profundo.hahahahah

ótimo!rs

beijos!

Luna Cortez disse...

isso foi tão profundo.hahahahah

ótimo!rs

beijos!

Natália Corrêa disse...

Mas isso rima e é.
Quer algo mais poético que perder o rim por uma mulher? =D

***MissUniversoPróprio*** disse...

Com certeza!

hehehehe

=*

Sr. Personna disse...

Divertido!
Com tantos pseudopoetas, toda crítica contra amor e dor vale à pena!
Se fosse uma trova em redondilha a ironia seria mais divertida

Jorge Oliveira disse...

E ainda dizem que neste blog não tem poesia...rs

Silvia Caroline disse...

Graça a Deus!

Quando vejo uma coisa dessas sempre penso uffa ainda bem que existe: Drummond, Quintana, João Cabral de Melo Neto, Bandeira... para me dar gosto de ler poesia.

Marcelo Mayer disse...

é por isso que todo poeta tem um pouco de mentira em sua rima
opa... rimou...
droga! e embora agora vou!

rimou de novo!

me dê um soco!

deeeeeffff

Ale Danyluk disse...

E nem tudo que não rima deixa de sê-lo né ?
Todos os exímios escritores que conheço tem esse jeito brincalhão , infantil e bem humorado na alma e na vida.
Isso é demais.
Beijooo
Ale

Marisete Zanon disse...

Eis aqui mais um poeta companheiro! Viva a poesia!
esmaques pra ti guri!

Luciana disse...

kkkkkkkkkkkkkk!

Quem dera eu conseguisse rimar assim e ainda conseguisse passar uma mensagem que não seja ruim.

kkkkkk a rima foi sem querer, juro!

Adorei o blog. Seguindo e linkando! ^^

Alpho Ramsay disse...

Não conhecia o blog, quando vi o começo do "poema" falei ah tá me zuando, hahahaa ai a última frase explicou tudo. Muito bom!
To seguindo aqui já.

Nathi disse...

Como assim isso não foi poesia?
HASHUAIHSIUAHIUSA

Muito bom, Roberto!

Beijão.

Jhê disse...

engraçado, achei súper conciso :D

Sentimental ♥ disse...

é só tomar cerveja...