segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Retrocesso Hereditário

Feliz ao reencontrar uma amiga de infância conversávamos sobre nossas vidas e como as coisas haviam mudado, tal e tal...
Foi quando o som de uma televisão dentro de uma loja chamou nossa atenção.
Era uma entrevista com uma dessas mulheres “frutas”.
Mulher Melancia, Mulher Melão... Realmente eu não lembro qual era a fruta, apenas lembro de pensar:

Meu Deus o que esta acontecendo com as mulheres!
E a conversa foi se estendendo, defendemos nosso ponto de vista, valorização da mulher e que muita coisa tinha mudado.

Eu:
- A culpa é da própria mulher que permite tudo isso, nos desvaloriza demais.
Ela:
- Com certeza, nossa postura esta totalmente errada. Depois buscamos nosso reconhecimento através da nossa capacidade intelectual, mas como?
Assim fica difícil já que a própria mulher decidiu virar "Fruta".
Imagine se as grandes heroínas de nossa história pudessem nos ver agora.
Foram tantas as batalhas travadas para isso?
Defendemos nossos direitos de votar, queimamos sutiãs em praças públicas, chegamos a “Presidência da República” para agora retrocedermos.

Eu:
- É verdade e com isso ficamos estigmatizadas.

Foi quando bem no meio de nossa conversa tão reflexiva, veio em nossa direção uma menina de aproximadamente uns dez anos e fala para minha amiga:

-Mamãe! Comprei aquele vídeo da Mulher Melancia que eu tanto queria.
HA! Encontrei também aquele shortinho que te falei igual o da Mulher Morango, lembra?
Aquele que você falou que eu ficaria com o maior corpaço, achei também.
Agora falta o top, o gloss, aquela sandália plataforma...

18 Cafezinhos:

xoogle disse...

Ah! A preocupação de vocês é uma grande hipérbole! As mulheres continuam as mesmas lindas e recatadas. O que definitivamente mudou, foi o humor.

A menininha em seu atavio de filhinha da puta devia estar linda... rsss... ah, mas a colocação da fala dela no texto é um tanto dúbia: a menina era filha de uma de vocês [amigas], ou era de uma outra mulher ali parada perto da loja? :-/

Beijinho.

Ivan.

Edina Regina Araújo disse...

De uma das "amigas". Você estava certo meu querido Ivan,beijinhos para você Também.

Natacia Araújo disse...

haha Sem esquecer das Vanessas popozudas, Sabrinas e por aí a fora.
A criançada de hoje pode até ficar sem estudar, mas sem assistir o dvd especial das "cahorras purpurinadas" não pode...rs

Boa! rs

Jorge Oliveira disse...

haha Boa Edina!

Os pais de hoje querem vestir os filhos como adultos pô...

Dayane disse...

É preciso preocupar-se sim, meu caro xoogle.
Estas Mulheres nos ridicularizam, de uma forma ou de outra, direta ou indiretamente.
Por favor acreditem, existem mulheres que tem um cérebro além de uma bunda pra mostrar na estúpida e nojenta TV, que acolhe,e mostra com orgulho a vulgarização do povo Brasileiro, enquanto pessoas passam fome, sede, são mortas e condenadas.

Bom texto.
Beijos

Nathi disse...

Pequenas crianças, grandes 'prodígios'...

Marcelo Mayer disse...

haha
deixe elas. quero ver como vão se virar quando se tornarem mulheres-maracujás

Déia disse...

Aff.... só faltou ela terminar dizendo : - mamãe e vou usar tudo hoje pra seduzir o filho daquele empresário de sucesso, o filho do pastor que ganha dinheiro a custa dos pobres idiotas... acho que assim meu plano estará completo e finalmente serei uma alpinista social e fútil!!

rsrsrs rindo pra não chorar! Pobre mundo!

Edina Regina Araújo disse...

kkkkkkk Boa Marcelo !

Suellen Nara disse...

Tem hora que dá vontade de fazer a mesma coisa: sou uma laranja e sou fútil, e daí?

Nem comento...

Giovanna disse...

Bom, é, não sei o que comentar...

As próprias mulheres escolhem por si próprias. É claro que não é uma escolha comum a todas, mas uma "mulher fruta" passa uma imagem extremamente ridícula do que é ser mulher, enquanto as verdadeiras mulheres que fazem jus ao verdadeiro significado dessa palavra chupam o dedo.

Parabéns pelo texto. :)

Ana Seerig disse...

Bah, muito bom teu texto!

Realmente a raça humana parece estar em declínio, em todos os sentidos. Mas é indignante ver essas tais mulheres frutas e as ditas poposudas que passam a imagem de que a mulher não se dá o respeito e, especialmente, de que não pensa.

Infelizmente essa parcela de mulheres está aumentando cada vez mais e as que tem cérebro ainda correm o risco de serem tachadas de careta, como se diversão fosse sinoônimo de vulgaridade...

Natália Ferreira disse...

bom... acho que conquistamos nossa i dependencia e cada um aje da forma que quiser !nao que devemos tbm fazer o que elas fazem mas acredito que devemos fazer o que nos faz bem se for isoo que seje ...boa segunda beiajooooo

Erica Ferro disse...

Haha, gostei do texto! Bem bom. ;)

Essas mulheres-frutas devem aproveitar bem esse momento de fama e 'beleza', porque depois... ah, depois elas vão envelhecer, enrrugar...
Vão sentir tudo caindo e será o fim, haha!

Acho fútil essas pessoas tão ligadas ao sensualismo, a supervalorização do corpo. Exercitam tanto, mas tanto o seu corpo, e esquecem de exercitar a mente.
Não sabem equilibrar mente e corpo.

Enfim, são sepulcros caiados.
Bonitinhos por fora, mas podres por dentro.

Iremara disse...

A verdade é que sendo ou não fútil, a idade da "adolescência" é a fase em que os pais impõe limites nas crianças...
Uma mulher pode até ter a opção de escolher ser ou não fútil... ser ou não tratada como um objeto, um produto...ser a gostosona e ganhar a todos com sua bunda! o livre arbítrio esta ai =)

Mas as crianças não... pois os pais como toda sua postura de "adulto" devem sim interferir nesses tipos de escolhas...

Eu não vou deixar filha minha sair de mini shorts "mulher melancia" ou seja lá qual for a fruta, para estigar e alimentar a mente doentia de por exemplo, um vizinho psicopata que eu posso ter, se ela quiser sair pelada quando adulta problema é dela, meu papel eu fiz...

... e pensando bem, acho que as mulheres só não saem nuas ainda pq é atentado ao pudor (...)

beijos!

Edina Regina Araújo disse...

Com toda certeza na maioria das vezes é dentro do próprio lar que se planta a semente e depois colhem as próprias "frutas"
Beijos Iremara

K- disse...

Santa hipocrisia. o.O

Edina Regina Araújo disse...

kkkkkkkkkkkkk Jesus!